quarta-feira, 5 de outubro de 2005

Ah, o tempo!!!

Aí vai um poeminha beem antigo, mas totalmente atual (odeio essas comparaçõezinhas, mas essa é real):


Os deuses instilaram
ansiedade no primeiro
homem que descobriu

Como distinguir as horas.
Produziram, também,
ansiedade naquele
Que neste lugar construiu
um relógio de sol,
Para cortar e picar meus
dias tão desgraçadamente

Em pedacinhos!

― Titus Maccius Plautus (254?-184 A.C.)

Um comentário:

Mário disse...

Desde os primórdios a galera já era vagabunda, eheheheheh.

Brincadeiras à parte, esse negócio de tempo é muito relativo. Eu agora sei manejar o meu. Os momentos ruins passam rápido, porque eu sempre me movimento para superá-lo, e os momentos bons são eternos, pois já não me prendo tanto mais ao passado, conseguindo viver intensamente cada segundo da minha vida.

Profundo, não? Tô com fome.

Abraços, Xis! Tome praça na sexta!

Ps: Fica horrível de ler usando 1280x1024 (minha resolução aqui no lab). Tu não quer aumentar essa barra de background não? =P