quarta-feira, 15 de abril de 2009

Estresse, xingamentos e desabafos


Hoje fiz algo que há muito tempo não fazia. Pensando bem, acho que nunca fiz isso: xingar em voz alta. Xingamentos me incomodam, é coisa de como fui criado. Mas hoje eu xinguei quando um carro passou jogando água em todos os que esperavam na parada de ônibus, eu incluso.

Em outras ocasiões semelhantes, eu xingava mais por esporte, dava tempo para traduzir e soltar um Scheisse ou feko em vez de falar em português. Hoje falei alto, em português e assustei uma mulher que estava ao meu lado, que também havia sido vítima.

Sim, estou estressado ao extremo, algo que raramente me ocorre. E este estresse vem de algo que pareço ter herdado de minha mãe: com uma certa freqüência muitas pessoas próximas a mim não fazem sua parte, e acabo trabalhando além do que deveria. É algo que vem desde a escola, e agora continua em alguns momentos no trabalho.

Nestes momentos, me vejo com poucas opções para relaxar; tento encontrar alguém que agüente minhas reclamações e que cuide de mim. Nessas horas penso que preciso de uma namorada com esta paciência e vocação pra mãe. E logo em seguida penso que isso não seria nada justo com ninguém. E a única candidata à vista também está com seus problemas, tanto que nem aparece online para eu alugá-la um pouco.

3 comentários:

Ana Maria Rock e outras coisas. disse...

Namorada mãe...
...será que eu consigo? Bjo!

Ass: a candidata que deu certo!

Anônimo disse...

Édipo?

MEGA BONUS disse...

Mano gostei do seu post preciso te add no meu msn aponta ai e me chama

intl.cargo@hotmail.com

skype. darlan.dapper