sexta-feira, 13 de outubro de 2006

Tem título não.


Afinal, essa coisa de ciclos, de que tudo vai e volta é mesmo assim? É realmente como as coisas acontecem?



Energia, meu povo, tudo é energia. Você é energia. Esse é o princípio da bomba atômica: transformar matéria em energia, e essa energia transforma tudo ao redor. Nâo, não é destruição, é transformação.



Energia existe para fluir. É o seu natural. É como as coisas acontecem: a energia passa e causa reações diversas, de acordo com o tipo de energia e interação que ocorre. E há os circuitos, por onde a energia passa, por onde ela "dá a volta" e retorna à origem e passa denovo e causa mais reações e interações e retorna à origem... É um ciclo.



Mas a energia pode ser aprisionada. Condensada. Você que o diga. Matéria, coisa estática, cheia de inércia. Só muda quando a energia passa por ela. E a própria matéria é energia condensada, aprisionada, espremida ao máximo. Se entra em desequilíbrio, se fica instável, basta um neutron e ela se liberta. Se quebra em pedaços, e as sobras se tornam energia novamente e saem as partículas como loucas, interagindo e transformando tudo ao redor. Reação em cadeia.



Chamamos de destruição quando ocorrem mudanças tão bruscas e tão grandes. Estamos acostumados a aprisionar a energia e colecionar objetos. Tê-los conosco é bom, e também estamos nós mesmos transformados em matéria e nos aprisionamos.



Pareceu que eu estava falando de física e química? Tomara que não, eu estava falando de pessoas, comportamentos. Querer que algo aconteça e usar um "cirtuito" é uma coisa, condensar energia e aprisioná-la é outra. Mas não pode fugir do normal e começarmos a aprisionar gente. Dedicação não é devoção.



Não quero mudar a sua maneira de pensar. Quero que você pense nela.

Um comentário:

Pedro Gurgel disse...

Penso eu que eu acho que a destruição é quando várias energias condensadas se liberam, ao ponto de destruir energias condensadas as quais ainda não foram LIBERTAS, isto é, pessoas aprisionadas são transformadas em energia livre. KABUM! Bomba atômica...

O abstrato sujeito e o sujeito abstrato também são energia...